Em 2016  divulgámos o estado degradado de uma estufa em ferro forjado existente no jardim do Casal de São Domingos – hoje publicamos o resultado de uma intervenção que a recuperou, voltando a ser uma peça importante naquele espaço de jardim.

No post do rio das Maçãs, em 4 de Setembro de 2016:

“;O Casal de São Domingos pertence à Câmara Municipal de Sintra. No  imóvel já funcionou  anteriormente um espaço cultural e galeria de arte.O seu estado degradado é notório. Fotos  de 2 de Agosto de 2016.”

Relativamente a este assunto, recorremos  na altura (Agosto de 2016) à opinião abalizada de João Cachado:

“Não deve haver membro do executivo municipal que, para se dirigir ao seu gabinete no Largo Virgílio Horta, não tenha de passar diariamente pelo Casal de São Domingos e terrenos anexos onde uma preciosa estufa em ferro forjado apodrece, conjunto este que escandaliza quem passa, nacionais e estrangeiros, suscitando reparos e críticas de toda a ordem.

(…)

.A articulação com o pequeno jardim anexo e sua sofisticada estufa – em rápido parêntsis lembraria que alunos e mestres da Escola Profissional de Recuperação do Património de Sintra ali têm trabalho para exercício das suas competências”

 

Aguarda-se a intervenção prevista no Casal de São Domingos, agora com a  preciosa estufa recuperada.

 

Pedro Macieira (texto e foto) » blog Rio das Maçãs

http://riodasmacas.blogspot.pt/

 

Anúncios