Ao longo dos tempos, teimosamente, aqui vamos mostrando situações sobre as quais os responsáveis autárquicos deveriam meditar para se evitarem males maiores.

A indiferença, uma quase agressiva falta de respeito pelos munícipes e sua participação, até parece ser completada por tentativas de silenciamento dos que falam.

 

Em 2008, uma aparente solução camarária para a carga de trânsito na entrada da Abrunheira junto à Estrada Nacional 249-4, serviu – pelo menos – para complicar.

Na realidade, com o entusiasmo do presidente da Junta de Freguesia da altura, o que custou muito dinheiro à Câmara viria a beneficiar uma padaria/pastelaria da zona, criando mais alguns estacionamentos…com reflexos na anarquia da circulação local.

Ou seja, a desejável solução, com uma possível rotunda e recolocação útil das paragens de transportes públicos, foi preterida e a opção em vez de resolver…agravou.

O que leva a Câmara e Autoridades a não se preocuparem?

Já aqui abordámos em Novembro de 2015 o caos da entrada da Abrunheira.

Envolvemos o problema em Dezembro de 2014, porque às promessas que surgem, por vezes sem pés nem cabeça, devemos contrapor o que é urgente resolver.

Vamos repetir algumas imagens que, ao longo dos anos, temos mostrado e outras que guardamos para completar a história da anarquia existente (ver imagens no blog)

 

SERÁ ISTO UMA SOCIEDADE CIVILIZADA?

Onde uma camioneta é obrigada a descarga junto a uma curva, fora de mão; Onde há um Sinal que ninguém respeita e as autoridades passam sem actuar? Onde o pandemónio se instala, cada um pára e deixa as viaturas, sem respeito pelos outros?

A Câmara sabe disto e não resolve. As autoridades passam pelo local…às vezes até frequentam o estabelecimento…e tudo fica assim, no deixa andar…no olhar para o outro lado da estrada?

Que vergonha devemos sentir por tamanho desleixo.

Como é possível que existam responsáveis sem que se notem sintomas de justificarem as responsabilidades que devem assumir pelos seus cargos? Ou será que a história da que RESOLVE é mais para nos deixarmos adormecer?

Estamos na União de Freguesias de Sintra…

Sintra não merece disto.

 

Fernando Castelo # blog Retalhos de Sintra

Siga e comente o blog no endereço:    http://retalhos-de-sintra.blogspot.pt

 

Anúncios