O Tranferidor de Sintra chega ao fim de 2016 com 3 edições lançadas, sempre à quinta-feira.

Em 2017 penso manter esta regularidade assim como alargar o número de blogs a (re)publicar e a chamar à sua leitura, assim como o número de convidados a escrever a partir de um tema previamente lançado.

Continuarei, como até aqui, a tentar alargar as sensibilidades ideológicas representadas – alguns, ligados a algumas, têm recusado o convite mas não será isso que me fará desistir -, de forma a que o Transferidor seja efectivamente um espaço plural de transferência de ideias. Em ano de campanha eleitoral, estarei especialmente atento aos limites editorias deste blog: o insulto, a arruaça, a incitação à violência. Recusarei igualmente a publicação de textos apologéticos de qualquer uma das candidaturas ou, se o fizer, o convite será dirigido a todas.

Como gosto muito de cães, espero que eles continuem a ladrar enquanto esta caravana, de cidadania, continuar a passar com o propósito de provocar reflexão e pensamento desbloqueado.

Bom Ano.

 

João de Mello Alvim

Anúncios